Como o RH pode apoiar gestores a manter desempenho e engajamento dos funcionários durante a pandemia

Atualizado: Abr 7



A pandemia de COVID-19 está nos obrigando a reavaliar a forma de pensar e de agir. Por uma questão de sobrevivência, precisamos mudar crenças, hábitos e estilos de vida muito rapidamente. Mudanças, por natureza, provocam stress e insegurança. Agora, imagine mudanças na magnitude que estamos enfrentando, sem precedentes para nossa geração? Incerteza sobre a vida, sobre emprego, sobre o futuro?


É fato que o impacto significativo da pandemia na vida pessoal e profissional dos funcionários está levando à ansiedade, frustração e esgotamento. Podemos imaginar como está a cabeça de cada um deles, porque nas nossas também passam as mesmas incertezas. Estes sentimentos e emoções acabam afetando, inevitavelmente, a produtividade e o engajamento.


Como o RH pode ajudar empresa e empregados a enfrentar os desafios que a crise do Covid 19 está impondo a todos nós?


Segundo a consultoria americana Gartner, líder mundial em pesquisa e consultoria, o RH deve ajudar os gestores a realizar atividades específicas para garantir que os funcionários obtenham o suporte necessário para lidar com a resposta emocional. São elas:



Identificar a necessidade dos funcionários por suporte


Segundo a consultoria, os gestores precisam ficar atentos para identificar, de forma direta e indiretas, os estados emocionais dos empregados - diretamente por meio de conversas e indiretamente por meio de observação.


O papel do RH aqui será na facilitação das conversas regulares entre gestores e funcionários, fornecendo orientações aos líderes sobre a melhor forma de abordar assuntos delicados decorrentes da pandemia do COVID-19, incluindo modelos de trabalho alternativos, segurança e perspectivas no emprego, impacto no pessoal e tensão no local de trabalho.

Esta orientação pode incluir manuais de discussão (com perguntas e respostas), treinamentos ou lembretes por e-mail com as atualizações mais recentes sobre a situação e os princípios gerais de como lidar com ela.



Promover o diálogo para criar entendimento


Encorajar o diálogo bilateral, ou seja, promover momentos em que os empregados possam expressar suas dúvidas e temores sem julgamento e obter respostas honestas e transparentes, pode potencializar os esforços para melhorar o engajamento.


Esta troca fornece aos funcionários as informações e perspectivas de que precisam, ao mesmo tempo em que lhes permite expressar e processar emoções negativas e melhorar seus sentimentos de controle.


O RH pode ajudar os gestores a criar oportunidades para diálogos bilaterais que se concentrem em uma imagem realista das implicações positivas e negativas do atual surto de COVID-19. Também é papel do RH ajudar os gestores na composição de conteúdo para serem discutidos nestes encontros.


Usar objetivos para criar clareza


Muitas pessoas estão se sentindo perdidas neste momento. Estabelecer conexão entre o desempenho individual e os resultados e desafios que o negócio enfrenta no momento, pode trazer senso de propósito e confiança na importância do trabalho de cada um.


Objetivos claros e atualizações regulares sobre possíveis mudanças ajudarão a garantir que os funcionários mantenham foco, energia e o senso de propósito.


O RH pode ajudar os gestores a reafirmar a conexão entre o trabalho de cada empregado e o sucesso da organização no enfrentamento da crise, fornecendo visibilidade dos objetivos organizacionais atuais e traduzindo a visão da organização no contexto de seus funcionários.


Reforçar os valores organizacionais para manutenção da cultura e reduzir probabilidade de má conduta


Segundo a Gartner, durante períodos de incerteza, a má conduta dos funcionários aumenta em até 33%. Além disso, eles acreditam que uma experiência desagradável dos funcionários pode afetar negativamente sua segurança psicológica em até 35%. Complicado pensar esses números refletidos no momento que estamos vivendo, não é mesmo?


Aqui RH e gestores precisam modelar, periodicamente, os comportamentos corretos esperados e atuar para identificar e coibir os contra indicadores da cultura e dos valores organizacionais.


Reconhecer esforços de forma personalizada


Como já dissemos, as emoções estarão à flor da pele, insegurança sobre uma variedade de coisas será a tônica. Por isso os gestores devem redobrar seus cuidados de reconhecimento aos funcionários.


É importante ter em mente que a motivação e o engajamento dependerão muito deste tipo de ação. Além disso, o reconhecimento modela os comportamentos que se deseja ver praticados, pois sinaliza o que é correto e que deve servir de modelo.


O RH pode ajudar os gestores a identificar os tipos de reconhecimentos que poderiam ser utilizados – desde elogios pessoais, reconhecimento público, sinais de agradecimento, oportunidades de desenvolvimento e vantagens de baixo custo. Também pode ajudar a indentificar os comportamentos desejados e não desejados.



Impulsionar o engajamento por meio da inovação e melhoria


Nos momentos de crise, geralmente, encontramos as mais inovadoras soluções para problemas antigos ou para aqueles que nem sabíamos que existiam.


Estimular a criatividade das pessoas, tanto para inovações incrementais ou melhorias de processo, pode fazer o pessoal se engajar em resolver os problemas e melhorar a situação. E isso é muito bom para a empresa também. Claro que riscos, custos e investimentos devem ser considerados. Entretanto, acredito que muitas pessoas estão reinventando algumas de suas formas de fazer as coisas e descobrindo saídas melhores e mais baratas. Vale a pena tentar.


O RH pode ajudar os gestores a estimular as pessoas a buscarem melhorias simples em seus processos e a fazerem a conexão entre suas soluções e o impacto gerado no negócio.


Apoiar a empresa na tomada de decisão sobre mudanças na legislação


As empresas estão buscando se adaptar à situação e tomando medidas para reduzir perdas e riscos. Enfim, lidando com a crise.

Os tomadores de decisão organizacionais precisam, mais do que nunca, de apoio técnico para ajuda-los a tomar as melhores decisões.

O RH pode ser um parceiro estratégico importante ao identificar as melhores estratégias legais para garantir a segurança e o bem-estar dos funcionários e reduzir custos e riscos. Ou seja, fornecer suporte técnico para a empresa planejar a continuidade dos negócios.

Conclusão:

As empresas dependem muito das equipes de RH para orientar gestores e ajuda-los a tomar as melhores decisões estratégicas legais e de pessoas, para comunicar políticas e acalmar a ansiedade de seus funcionários durante um período muito estressante, sem um fim claro à vista.

Essa crise é sem precedente e até os gestores de RH mais experientes andam por território desconhecido. Estar atento ao ambiente externo e interno, entender um pouco sobre gerenciamento de mudança e de crise, pode ajudar.


#GestãoDeMudança

#GestãoDeCrise

#RecursosHumanos

#GestãoDePessoas

#Liderança

#Covid19

#CoronaVirus

Gostou do artigo de hoje?

Gostaria de conhecer mais sobre nossos serviços em gestão de cultura em pequenos negócios, desenvolvimento de liderança e implementação de processos de RH em pequenos negócios? Então não deixe de entrar em contato conosco e converse com um de nossos especialistas. Teremos um imenso prazer em atendê-lo!



Sobre a Omnia

A Omnia é uma empresa de soluções para gestão de pessoas, coaching e de estratégia para pequenas empresas.


Nossos clientes, profissionais de RH, líderes e empresários, nos contratam para gerar melhoria rápida e eficaz no desempenho de suas equipes. Eles nos contratam, principalmente, porque nossas soluções em gestão garantem mudança real de comportamento e impactam na melhoria dos resultados de suas empresas. Somos um parceiro confiável e um recurso acessível para pequenos e médios negócios.


Para saber mais sobre como ajudamos os tomadores de decisão a produzir resultados reais e duradouros, visite www.omniadesenvolvimento.com.

Ajuda

 

CONTATO

Como nos encontrar

 

omniadesenvolvimento@gmail.com

  • Grey Facebook Ícone
  • Grey Instagram Ícone
  • Ícone cinza LinkedIn

Rua Arnaldo Victaliano, 302, sala 22

Jardim Palama Travassos

14091-220 - Ribeirão Preto/SP

 

        (16) 99154-1837  |  (16) 3235-6264

© 2014 por Omnia Desenvolvimento. Orgulhosamente criado com Wix.com

Algumas imagens e vetores devem ser creditados a Freepik.com